Arriscar

Fevereiro 13, 2008 at 11:58 pm 4 comentários

arrisca

“Rir… é arriscar a parecer idiota.

Chorar… é arriscar a parecer sentimental.

Dirigir-se a alguém… é arriscar envolver-se.

Expor os seus sentimentos…. é arriscar a expor o seu eu mais profundo.

Expor as suas ideias, os seus sonhos… é arriscar a perdê-los.

Amar… é arriscar a não ser amado em troca.

Viver… é arriscar a morrer.

Esperar… é arriscar a desesperar.

Experimentar… é arriscar-se a falhar.

É necessário, porém, correr riscos.

Porque o maior perigo da vida é nunca arriscar.

Aquele que não arrisca… não faz nada, não tem nada, não é nada.

Pode evitar o sofrimento e a tristeza,

mas não aprende nada, não sente nada,

não muda nada, nem se desenvolve,

não pode nem amar nem viver.

Prisioneiro das suas certezas,

torna-se escravo, abandona a sua liberdade.

Só os que arriscam, são livres!!”

Querem comentar? E quem é capaz de fazer uma apresentação com este texto, ou parte?

Entry filed under: Arrisca, Auto-conhecimento, Jovens, Liberdade, Limite. Tags: .

O dilema de Heinz O dilema de Heinz (2)

4 comentários Add your own

  • 1. diogo  |  Fevereiro 15, 2008 às 2:53 pm

    é engraçado, como às vezes se dizem coisas acertadas, mas para arriscar é preciso não ter medo de arriscar, não ter medo de parecer idiota, não ter medo de desesperar ou até de morrer, porque arriscar sem saber o que pode acontecer é uma coisa, mas quando se sabe o que está em jogo é mais complicado. contudo, todos temos medos, mesmo que digamos o contrário e, se calhar muitos nem os conhecemos… de quem é este texto? não o conhecia…

  • 2. José Sá  |  Fevereiro 15, 2008 às 4:34 pm

    Arriscar não é sinónimo de imprevidência. Arriscar é não deixar que o medo nos paralise, nos impeça de arriscar. O medo é bom existir porque nos fará reflectir. Só é mau se nos impede de caminhar.

  • 3. Luis Carlos  |  Fevereiro 15, 2008 às 6:45 pm

    Arriscar, para min é um acto da vida. Estou constantemente a arriscar… é viver.Talvez possamos um dia nos arrepender do que fizemos…
    Mas o arrependimento é sinal de que não tivemos medo de tentar…
    E daí se as coisas não deram certo como deveriam…
    E daí se não era bem o que queríamos????
    E nossa vida segue… para tentarmos e errarmos muitas vezes…
    Isso é viver e aprender, mas para isso acontecer é preciso ARRISCAR………

  • 4. Maria Domingues  |  Junho 5, 2008 às 10:30 am

    Cada Vez que faço um ” disparate” acontece-me uma coisa boa, por isso é sempre bom arriscarmos, mesmo que pareça um disparate.Chega de coisas certinhas! Dêem cor á vida! Quebrem as regras desta sociedade monocórdica.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Precisa de material multimédia?

É catequista? Precisa de recursos multimédia para apoio à catequese? Clique na separata "recursos multimédia" e fale connosco.

Estatística do Blog

  • 148,619 visitas
Fevereiro 2008
M T W T F S S
« Jan   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  

%d bloggers like this: