Ele te chama…

Março 8, 2009 at 10:31 am 11 comentários

Fátima Fontes

Entry filed under: Uncategorized. Tags: .

Vivendo… Não tenho tempo…

11 comentários Add your own

  • 1. Cátia  |  Março 8, 2009 às 11:57 am

    um amigo……..

  • 2. José Sá  |  Março 8, 2009 às 4:24 pm

    Precisamos de encher o coração e a cabeça de boas recordações. Elas serão a nossa âncora nos momentos tristes.
    A certeza de que Deus nos ama loucamente, deve invadir o nosso ser. Mas não chega saber… é preciso que façamos a experiência na fé. A fé é essencial, sobretudo nos momentos mais difíceis. Mas Jesus disse, que olhássemos uns pelos outros. Ele sabe que só isso não chega. Por isso, falou-nos de amizade, do sorriso, do ombro amigo…

  • 3. António  |  Março 10, 2009 às 11:17 am

    Porquê que precisamos sempre de alguém para nos orientar na nossa vida?
    Porquê que não conseguimos alcançar os objectivos sozinhos? Será que somos fracos demais?…

  • 4. José Sá  |  Março 10, 2009 às 11:49 am

    A dependência nas relações com os outros é um processo de interacção mútua que produz crescimento; nós dependemos dos outros para estarmos totalmente vivos.
    Jesus também não acreditava que o caminho espiritual fosse para ser feito isoladamente; constantemente, ele reconhecia a sua dependência de Deus em tudo o que fazia. Reconhece que ninguém pode funcionar em isolamento, incluindo Ele próprio. Diz alguém que quem busca a cura procura o outro. E é verdade.
    Isto não quer dizer que a nossa dependência seja neurótica. Isto é, que tenhamos de andar sempre com as muletas, sem elas não podemos caminhar. Temos de fazer o nosso caminho, enfrentar as desilusões e as dificuldades. Se quisermos, elas irão amadurecer-nos, fazer-nos crescer, embora não seja muito agradável. Se não quisermos, ela irão destruir-nos. Tudo depende da nossa opção: vencer ou sermos derrotados. Mas nesta caminhada não estamos sós. Dependemos dos outros e do Outro, Deus. Uma dependência de amizade, de companheirismo, de motivação, e pontualmente, de sermos levados no colo.

  • 5. António  |  Março 10, 2009 às 7:17 pm

    Muito obrigado pelo o esclarecimento. Eu estava com dúvidas acerca de um assunto mas agora ja sei as respostas.

  • 6. O Alegre  |  Março 11, 2009 às 12:03 am

    A algum tempo que por impossibilidade não vinha visitar o site que muito aprecio. Gostei de ver como o “António” pergunta o porquê de haver sempre alguém a orientar a nossa vida. Na minha maneira de ver, penso que nós é que temos que decidir o que queremos fazer, qual o rumo que pretendemos. Depois da decisão tomada, temos uma caminhada que será custosa se não nos aplicarmos firmemente e facilitada se nos entregarmos. Tudo o que fazemos tem que ser por Vontade Própria, Paixão, Amor, Amizade e Companheirismo. Como o Sr. Padre diz e bem, temos que abrir o nosso coração para Ele, mas também para os Seus ensinamentos.

  • 7. fatima fontes  |  Março 11, 2009 às 12:33 pm

    Jesus dá-nos a força que precisamos.
    aprendi o segredo que me faz estar bem e feliz em todo lugar e em qualquer situação, alimentado ou com fome, quer tenha muito ou pouco.
    Com a força de Jesus posso enfrentar qualquer situação.
    Na tristeza? Jesus dá-me alegria e força, ajuda-me a entender, porque,quando perco toda a minha força, então tenho a força de Jesus.
    SOMOS FORTES… SIM COM JESUS.

  • 8. JoAnA  |  Março 11, 2009 às 8:27 pm

    este filme esta enriquecedor.. passa varias mensagem importantes*
    Mensagens que tocam.. e que nos dão um abanaonzinho *) Obrigadaa a quem partilhou este video !! ;D

  • 9. Manuel  |  Março 11, 2009 às 11:30 pm

    Não posso dar-te soluções
    para todos os problemas da vida,
    nem tenho resposta
    para as tuas dúvidas ou temores,
    mas posso escutar-te
    e repartir contigo.

    Não posso mudar
    o teu passado nem o teu futuro.
    Mas quando necessitares de mim
    estarei junto a ti.

    Não posso evitar que tropeces.
    Somente posso oferecer-te a minha mão
    para que te apoies e não caias.

    As tuas alegrias, os teus triunfos e os teus êxitos
    não são meus.
    Mas regozijo-me sinceramente
    quando te vejo feliz.

    Não julgo as decisões
    que tomas na vida.
    Limito-me a apoiar-te,
    a estimular-te
    e a ajudar-te se me pedes.

    Não posso traçar-te limites
    dentro dos quais deves actuar,
    mas ofereço-te esse espaço
    necessário para cresceres

    Não posso evitar o teu sofrimento
    quando alguma pena te parte o coração,
    mas posso chorar contigo
    e recolher os pedaços
    para armá-lo de novo.

    Não posso dizer-te quem és
    nem quem deverias ser.
    Somente posso amar-te como és
    e ser teu amigo.

    J. L. Borges

  • 10. fatima fontes  |  Março 17, 2009 às 2:39 pm

    Alguém falava como modo de estar na Vida. A pessoa que a referiu falava disso como a coisa com que mais se identificava.
    Ter a docilidade como modo principal de estar na Vida desperta em nós a sensação de simplicidade, aceitação e acolhimento. Os doces são a alegria de uma refeição, dão a nota de festa, surpreendem, causam elogios e bem-estar. Uma pessoa dócil tem esta mesma alegria como ponto de referência. E não quer dizer que seja ingénua, ou afastada da realidade, ou alguém que esteja continuamente a ser ultrapassada. Tem uma força especial… e fascinante.
    O contrário do doce é o amargo. Uma pessoa amarga está continuamente desiludida, critica tudo e todos, ou fecha-se, nada lhe parece bem. E alguém que critica continuamente não ajuda a construir, parece que é o único que tem todas as soluções e, no fundo, é um incompreendido. Acredito que isso deve ser uma enorme fonte de tensão. Mais tarde ou mais cedo, acaba por não ser levado a sério. Já se sabe o discurso que virá…
    Uma pessoa dócil, pelo contrário, dá mais importância ao que a vida oferece, para a fazer própria e bonita, não destrói presentes logo à partida.
    E para isso é preciso: coragem, coração. claro muita alegria!

  • 11. Emilia Silva Fontes  |  Março 22, 2009 às 9:41 pm

    Quero acordar de manhã e pensar em Jesus
    Quero viver o dia todo com ele
    Quero deitar e sonhar com o senhor
    Meu melhor amigo e meu salvador
    Nele eu posso confiar
    Para ele eu vou contar os meus segredos
    Se eu sorrir ou se eu chorar
    Bem pertinho, ele vai estar
    É meu companheiro
    nos dias tristes nos dias alegres
    ele ajuda-me a viver .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Precisa de material multimédia?

É catequista? Precisa de recursos multimédia para apoio à catequese? Clique na separata "recursos multimédia" e fale connosco.

Estatística do Blog

  • 148,619 visitas
Março 2009
M T W T F S S
« Fev   Abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

%d bloggers like this: